SC-108 é provisoriamente reaberta ao tráfego, em Guaramirim

Foto: Divulgação / Defesa Civil

Foi reaberta ao tráfego na última terça-feira , 14, de maneira provisória, a SC-108, em Guaramirim, no Norte do Estado. A rodovia estava interditada por conta de um deslizamento na altura da comunidade Vila Freitas. As obras de contenção e estabilização da rodovia estão sendo realizadas pela Defesa Civil, que abriu um desvio em um dos sentidos para liberar o trânsito. Os trabalhos seguem até março.

Para a liberação da SC-108, foram analisadas as condições do solo, umidade e estabilidade. Segundo a Defesa Civil, o terreno apresentou coesão e estabilidade nos ensaios de campo e testes de carga. A liberação ao tráfego foi acompanhada por técnicos e engenheiros do órgão, pela Prefeitura Municipal de Guaramirim, Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade e com o auxílio da Celesc.

Segundo o chefe da Defesa Civil, coronel João Batista Cordeiro Júnior, a situação mais crítica no deslizamento da SC-108 foi superada, quando estavam sendo retirados os entulhos das casas destruídas no local. Segundo ele, neste momento, houve uma redução na estabilidade do solo, uma vez que aquele material permanecia contendo a encosta.

“Naquele momento, o trabalho teve de ser realizado em um ritmo para que não se agravasse a situação ainda mais e houve também altos índices pluviométricos no local. Com o avanço dos trabalhos, a estabilidade melhorou e atingiu-se um nível em que houve a possibilidade de liberação do tráfego. Agora é possível avançar com maior celeridade, todavia com constante monitoramento”, explicar Cordeiro Júnior.

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”