Forças de segurança reforçam fiscalização em estabelecimentos durante lockdown

Foto: Divulgação / Polícia Civil

Nesta semana, integrantes das forças de seguranças que fiscalizam o cumprimento das medidas restritivas dos Decretos Municipal e Estadual, se reuniram para discutir e reforçar o cumprimento do Decreto nº 1.172, do Governo do Estado, que estabelece lockdown no fim de semana.

Conforme o Decreto nº 562 do Governo Estadual, neste fim de semana, lojas de materiais de construção e feiras livres também não podem funcionar. Já os estabelecimentos de alimentação às margens de rodovias, não podem ter consumação de alimentos e bebidas no local. Estabelecimentos com essas finalidades poderão trabalhar com tele-entrega ou retirada no balcão.

A medida é válida após as 23h de sexta-feira, dia 5, e até as 6h da manhã de segunda-feira, dia 8 – atendendo ao decreto do Governo do Estado.

Fiscalização vai continuar

O trabalho de fiscalização coordenado pela Secretaria de Defesa Civil, que envolve equipes da Vigilância Sanitária, da Guarda Municipal de Trânsito (GMT), da Policia Militar, da Policia Civil e do Corpo de Bombeiros continua em Blumenau. Mais 40 profissionais estão atuando nos bairros da cidade. As ações ocorrem de domingo a quinta-feira, das 18h às 24h, e sextas e sábados, das 18h às 6h da manhã.

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”