Estado autoriza processos de licitação para obras de recuperação da barragem Norte, em José Boiteux

Foto: Divulgação

A união dos governos federal e estadual vai resultar na recuperação da barragem de José Boiteux. Nesta quarta-feira (30) o governador Carlos Moisés autorizou a abertura de processos de licitação para que a barragem volte a operar normalmente.

Durante o ato, que ocorreu de forma virtual na sede da Defesa Civil de Santa Catarina, o governador reforçou a importância do projeto já que a ação é aguardada há décadas no Médio-Vale do Itajaí.

Em razão dos danos causados em componentes hidráulicos, elétricos e mecânicos, desde 2014, a Defesa Civil vem operando a barragem de forma emergencial por meio de bombas hidráulicas externas.

Barragem Norte

Colocada em operação em 1992, a barragem Norte, em José Boiteux, é a maior barragem de contenção de cheias do país, com o volume de 357 milhões de metros cúbicos. No entorno estão estabelecidas comunidades indígenas distribuídas em oito aldeias, totalizando aproximadamente 2,9 mil integrantes.

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”

2 comentários sobre “Estado autoriza processos de licitação para obras de recuperação da barragem Norte, em José Boiteux

  1. Flávio Davi Boehme

    Que adianta arumã os índios se rebelião vão lar estragão novamente pra min se acotecer novamente o exercício deveria cansela o cpf deles além de não trabalhar o governo pagar um salário pra cada familia indigena só atrapalhao

Comentários estãp fechados.