Vôlei feminino de Blumenau participará da Superliga B 2020

Foto: Bruna Evelin

Na última quinta-feira, 16, a equipe feminina de vôlei de Blumenau, representada pelo Bluvolei, recebeu o convite da Confederação Brasileira de Voleibol para participar da próxima edição da Superliga B. As blumenauenses herdaram a vaga que era de São José dos Campos, que desistiu de participar.

A estreia do Bluvolei na Superliga B ocorre neste sábado, dia 25. A equipe enfrenta o Brasília Vôlei, às 19h30, no Sesi Taguatinga, em Brasília.

Segundo o presidente do Bluvolei, Marcelo Garcia de Almeida, “este ano o Bluvolei completa 30 anos e esta competição é um passo importante para o projeto e para nossas atletas. A equipe que irá representar o vôlei feminino de Blumenau é composta, em sua grande maioria, por atletas formadas nas categorias de base do clube”, salientou.

Segundo o coordenador e técnico, Luiz Henrique Mercante da Silva, “apesar de termos um elenco jovem e uma infraestrutura enxuta em comparação as equipes adversárias, nosso time está motivado e muito honrado de poder representar Blumenau, pela primeira vez, em uma competição tão importante para o voleibol brasileiro”. Ele também convidou a comunidade de Blumenau e região para acompanhar os jogos e torcer pelas meninas de Blumenau.

A Superliga B de vôlei feminino conta com a participação de oito times, são eles:

– BluVôlei (SC)
– Bradesco Esportes (SP)
– Brasília Vôlei (DF)
– Chapecó (SC)
– Franca (SP)
– Itajaí Vôlei (SC)
– São José dos Pinhais (PR)
– Sport (PE)

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”