Vigilância Sanitária orienta abertura de estabelecimentos em Blumenau

Foto: Michele Lamin/PMB

Uma equipe da Vigilância Sanitária de Blumenau está visitando estabelecimentos comerciais do município para orientar empresários sobre as exigências estabelecidas nas Portarias nº 254, 256, 257 e 258 publicadas pela Secretaria de Estado da Saúde. As orientações devem ser cumpridas para que centros religiosos, restaurantes, centros comerciais, shoppings e academias possam atender ao público durante a pandemia de Coronavírus.

Para que possam abrir as portas, os estabelecimentos precisam seguir as determinações do Governo do Estado. Entre as medidas para combater o Coronavírus está o uso de máscaras pela população para acessar o estabelecimento, fornecimento de álcool 70º por parte dos estabelecimentos, que também devem intensificar a limpeza dos espaços com álcool. O distanciamento entre as pessoas também deve ser de 1,5 metros. Além dessas orientações, cada portaria traz informações específicas de acordo com a área de atuação.

Os profissionais da Vigilância Sanitária estão sempre identificados com crachá da Prefeitura de Blumenau contendo nome e número de matrícula do servidor. Para realizar denúncias devido o descumprimento de medidas sanitárias, o cidadão pode entrar em contato com a Ouvidoria pelo telefone 3381 7770 ou 156 opção 2.

Fonte: Assessoria PMB

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”