Vendas na indústria catarinense recuam 8,7% no primeiro semestre de 2015

A maior redução das vendas da Industria Catarinense foi registrada no setor de vestuário. A retração foi de 26,8%. Já a indústria de alimentos contabiliza queda de 19%. O setor metal mecânico, que fornece peças para a indústria automotiva, também foi afetado pela crise econômica. A redução das vendas foi de aproximadamente 17,5%.As informações são da Federação Catarinense das Indústrias de Santa Catarina.

O vice-presidente da FIESC para o Vale do Itajaí, Ronaldo Baumgarten, JR, lamentou o momento ruim da economia, disse que a classe empresarial está sendo castigada e criticou o Governo Federal. Para ele, o executivo não fez o dever de casa.

Na projeção do líder empresarial, a retração das vendas deve continuar no segundo semestre, porém com menos intensidade. Preocupado com o futuro da economia do país, Baumgarten Jr. acredita que o setor produtivo pode levar tempo para se recuperar, até cinco anos. Por outro lado, o vice presidente da Fiesc defende a máxima que é na crise que as oportunidades aparecem e que empresário pode provar sua competência diante da adversidade do mercado.

Na comparação entre maio de 2015 e maio de 2014, a desaceleração das vendas foi de 13,4%. O segmento de vestiário caiu 45,4%, o de veículos e autopeças teve recuo de 22% . Já o setor de alimentos teve redução de 20,3%.

Compartilhe

PinIt
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”