Vacinação em SC: governo do Estado distribui segunda dose da vacina CoronaVac

Foto: Julio Cavalheiro / Secom

A Secretaria de Estado da Saúde encaminhou nesta terça-feira (2) 71.040 novas doses da vacina CoronaVac aos municípios catarinenses. Os imunizantes foram enviados às 17 unidades descentralizadas de Vigilância Epidemiológica (UDVES) de Santa Catarina. São elas: Grande Florianópolis, Tubarão, Itajaí, Blumenau, Joinville, Jaraguá do Sul, Videira, Joaçaba, Concórdia, Xanxerê, Chapecó, Criciúma, Araranguá, Mafra, Lages, Rio do Sul e São Miguel do Oeste.

O secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, destacou a agilidade da distribuição das vacinas no Estado, permitindo que todas as regionais recebam o insumo o quanto antes para a aplicação da segunda dose aos profissionais de saúde. “O Estado não tem medido esforços para garantir que esse material seja entregue às regionais, e consequentemente, aos municípios, o quanto antes. Permitindo assim que possamos rapidamente avançar nas etapas de imunização”, reforçou.

Essa nova remessa atende aos municípios, conforme deliberação realizada entre gestores municipais e corpo técnico da SES em reunião extraordinária da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) e seguindo o Plano Nacional de Imunização (PNI). Ela servirá para a segunda dose de vacinação dos profissionais de saúde na linha de frente contra a Covid-19 e demais grupos prioritários.

A primeira dose começou a ser aplicada no dia 18 de janeiro, poucas horas depois da chegada da primeira remessa do imunizante ao Estado.

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”