UTIs em Gaspar e Indaial estão lotadas, dizem prefeituras

Médicos deram prazo de mais cinco dias para diretoria do hospital resolver problema da falta de pagamento dos salários.

A prefeitura de Gaspar informou nesta terça-feira (8) que a UTI para Covid-19 do Hospital Nossa Senhora do Perpétuo Socorro está com 100% de lotação. Os dez leitos disponíveis na unidade estão ocupados, sendo que seis pacientes são de outros municípios e quatro de Gaspar. Além disso, quatro gasparenses estão internados em Gaspar em leitos clínicos. Ao todo, 12 gasparenses estão internados em Gaspar e na região.

Gaspar confirmou mais 49 casos do coronavírus nesta terça-feira. Ao todo, 4.317 gasparenses já contraíram o vírus, sendo que 261 estão com a doença ativa no momento. A prefeitura de Gaspar reforçou o pedido de que cada cidadão siga as orientações e medidas preventivas.

Situação crítica em Indaial e Timbó

Em Indaial, o secretário Municipal de Saúde, Alexandre Dalabrida, informou que todos os dez leitos de UTI do Hospital Beatriz Ramos estão ocupados. Dalabrida também alertou para o aumento no número de atendimentos no Centro de Atendimento da Covid-19. Em novembro o número de pessoas que procuraram o local foi mais de 92% maior do que em agosto, quando a cidade passou chegou ao pico da pandemia.

Na semana passada o Hospital Oase, em Timbó, também anunciou a lotação do setor de UTI. A unidade é referência no atendimento de pacientes com coronavírus no Vale do Itajaí.

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”