Usuários questionam falta de médico em unidade de saúde

Usuários do Posto de Saúde Armando Odebrecht reclamam da dificuldade para conseguir atendimento. A unidade, instalada no Bairro Itoupavazinha, deveria ter duas equipes completas de Saúde da Família, com médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e agentes de saúde. Mas segundo a moradora da região, Cleoni Pegnini, desde o início de janeiro ela não consegue consulta.

A Diretora de Ações em Saúde, Andréa da Silva, admitiu que uma das equipes do posto de saúde não está completa. O médico do Armando Odebrecht 2 pediu a exoneração no começo do ano. Até a contratação de outro profissional o serviço será prestado em dias alternados.

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”