Troco Solidário Havan arrecada mais de R$ 1,6 milhões em Santa Catarina

A loja Havan promove a Campanha Troco Solidário desde 2010, auxiliando semestralmente entidades onde a rede tem lojas. A iniciativa conta com a solidariedade dos moradores e clientes, que doam seu troco, ou parte dele, diretamente nos caixas das lojas. Em 2019, as 141 unidades da Havan arrecadaram R$ 11,4 milhões, que beneficiaram 206 entidades.  Somente em Santa Catarina, as doações do segundo semestre para as 27 entidades passaram de R$ 1,6 milhão. As entregas dos valores às instituições, através do cheque simbólico da campanha, acontecem no início de fevereiro.

O diretor-presidente da rede, Luciano Hang, afirma que a campanha é uma forma de a empresa, seus colaboradores e clientes retribuírem às entidades e aos seus voluntários, pelo trabalho realizado nas comunidades. É com muito prazer que entregamos este valor para as entidades. O Troco Solidário é um trabalho de quatro mãos, em que os colaboradores conscientizam os clientes sobre a importância da doação, que tem o objetivo de auxiliar as instituições onde a Havan tem lojas. De pouco em pouco é que se consegue muito para ajudar quem faz bastante”, finaliza.

Desde 2010 foram arrecadados mais de R$ 32 milhões em todo o Brasil, em benefício de mais de 800 instituições. Em Blumenau o Hospital Santo Antônio vai receber R$ 158 mil.

Fonte: New Age Comunicação

 

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”