Transporte Coletivo terá menos horários e linhas a partir de quinta-feira

Foto: Divulgação.

A partir da próxima quinta-feira (20), até o dia 18 de janeiro de 2019, o transporte coletivo de Blumenau terá menos horários e linhas disponíveis. Segundo o Seterb, a mudança não é definitiva e acontecem por conta da menor demanda de usuários, levando em conta as férias escolares, coletivas, além de festas de Natal e Ano Novo. A partir do dia 19 de janeiro, o transporte coletivo volta ao normal.

Entre os dias 20 e 21 de dezembro, e entre os dia 3 e 18 de janeiro, parte das linhas serão diferenciadas de segunda a sexta-feira. Já as tabelas de sábado, domingo e feriado vão continuar as mesmas. Já do dia 22 de dezembro a 2 de janeiro, as linhas vão funcionar todas com tabelas especiais, com exceção dos domingos e feriados que permanecem normais. Confira a nota oficial da empresa responsável do transporte coletivo aqui.

Confira as alterações:

Linhas aglutinadas ou suspensas

Linhas 112 – Botuverá;  120 – Jardim germânico e 121 – Distrito industrial

Linhas  151 – Testo do salto; 152 – Ribeirão Schelter

Linhas 104 – Vila Itoupava; 110 – Saxônia

Linhas 302 – Ristow; 312 – Hermann Barthel

Linhas suspensas

Linha 306 – Bruno Ruediger

Linha 307 – Francisco Becker

Linha 604 – São joão

Mudança de trajeto

Linha 607 – Nova Esperança: Terminal Fortaleza > Rua Júlio Michel >  Rua Henrique Reif >  Rua das missões >  Rua Fritz Spernau > Rua Júlio Michel > Terminal Fortaleza.

 

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”