Trabalhadores do transporte coletivo decretam estado de greve e fazem paralisação nesta quinta-feira

Foto: Jaime Batista/Blog do Jaime

O transporte coletivo de Blumenau vai ter paralisações durante esta quinta-feira (16). Na parte da manhã, não haverá circulação dos ônibus entre às 9h e 11h. Durante a tarde, a paralisação acontece entre 15h e 17h. A informação foi confirmada pelo Sinditranscol (Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Coletivo), que decretou estado de greve, nesta quinta-feira (15), após duas assembleias. Como a lei obriga que a greve inicie 72h após o anúncio, a greve do transporte em Blumenau deve iniciar no domingo (19), caso não haja nenhum acordo.

Segundo o Presidente do Sinditranscol, Pradelino Moreira da Silva, o estado de greve se deu por não acordo com a empresa Piracicabana/Blumob. O maior pedido dos trabalhadores é que seja assinada uma Convenção Coletiva de Trabalho, afirmando que as novas regras e possibilidades da Reforma Trabalhista não sejam aplicadas. Como por exemplo a lei da terceirização. Essa assinatura foi negada pela empresa.

Em relação a clausulas econômicas, a Blumob ofereceu reajuste do INPC. Já os trabalhadores, pedem INPC + 3% de aumento real, e aumento no Vale Alimentação, de R$ 700 para R$ 820. Até o momento, não houve negociações dos números.

A empresa Blumob foi procurada, mas não respondeu a reportagem.

 

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”