Técnico do BEC desabafa sobre situação do clube: “Está cada vez pior”

Que o Blumenau Esporte Clube vive uma situação complicada financeiramente, isso não é segredo pra ninguém. Mas a situação parece estar cada vez mais complicada. Pelo menos foi isso que deixou claro o técnico da equipe, Rodrigo Cascca, em entrevista à Rádio Nereu Ramos. Cascca afirmou que apenas segue no Tricolor por conta de um pedido dos próprios jogadores e garantiu que, hoje, não enxerga uma “luz no fim do túnel”.

“Os jogadores por muitas vezes já me procuraram, comentando que não estavam nem com vontade de treinar. Mas eu falei pra eles. Enquanto eu estiver no comando eles não vão deixar de treinar e nem jogar nenhuma vez. Agora repito. Até que eu estiver no comando técnico, até que eu tiver forças”, afirmou.

“Eu gosto do BEC, tenho respeito à torcida do BEC, pela camisa, e pela história do clube. Mas não sei se continuo até amanhã ou semana que vem. Temos que continuar lutando”, finalizou.

Hoje, às 20h30min, o Blumenau entra em campo contra o Camboriú, no Estádio do Sesi, no fechamento da primeira fase da Segunda Divisão do Campeonato Catarinense. Toda a renda do jogo será revertida ao grupo de jogadores, assim como nos outros dois jogos do clube na competição.

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”