Suspeito de matar ex-namorada é liberado após se apresentar a polícia

Foto: ilustrativa.

O principal suspeito de ter matado Bianca Mayara Wachholz, de 29 anos, se apresentou a Polícia Civil na noite desta quinta-feira (26), em Blumenau. Éverton Balbinott de Souza, de 31 anos, prestou depoimento ao delegado Bruno Effori, responsável pela Divisão de Homicídios, juntamente com o seu advogado. O teor do depoimento não foi divulgado pela polícia.

Como não se tratava mais de flagrante, Éverton foi liberado logo após o depoimento, que durou quase uma hora. Mais cedo, o pai do suspeito teria dito aos policiais que o filho havia assumido ter matado a ex-namorada e tinha a intenção de fugir.

O crime

Bianca Mayara Wachholz, de 29 anos, foi assassinada com um tiro no rosto na tarde de quarta-feira (25), na Itoupava Central. Ela estava na casa da mãe, quando Everton teria chegado armado, pulado o muro, ido até a mulher e disparado. A mãe da vítima teria presenciado o crime.

A vítima e o suspeito namoravam há cerca de um ano e estavam separados há cerca de duas semanas. Para amigas, Bianca havia contado sobre ameaças e agressões que havia sofrendo do ex.

 

Compartilhe

PinIt
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”