Seu colaborador está roubando sua empresa?

Esta semana resolvi falar sobre o que esta acontecendo em muitas empresas no Brasil,colaboradores que se sujeitam a roubar dinheiro da empresa que trabalham.

Na grande maioria,essas pessoas roubam pois estão endividadas e desesperadas para pagar as contas e acabam não medindo esforços para que o dinheiro venha ate ele de forma mais facil.

Como a grande maioria das empresas não sabe fazer um controle de caixa,deixa a vontade,isso acaba sendo um prato cheio para que o colaborador utilize esta brecha para roubar.

Empregados desonestos são um dos maiores desafios que qualquer negócio tem de enfrentar. Como administradora e empresária, muitas vezes é possível notar certas discrepâncias durante o fechamento de caixa. Isso pode ser um indício de que há algum funcionário desonesto na empresa.

Vou deixar umas dicas se como se proteger desta situação:

  1. Não diga a seus funcionários que há um desonesto entre eles. Você pode acabar acusando alguém injustamente e gerar uma série de fofocas entre seus funcionários.
  2. Observe e tente descobrir quais são os dias e turnos que mais apresentam discrepâncias no fechamento de caixa. Isso poderá dar indícios do horário de trabalho do funcionário desonesto.

  3. Uma vez que você já conhece os horários em que o funcionário desonesto trabalha, prepare a armadilha. Instale câmeras de vigilância (é possível comprar câmeras a um bom preço pela internet). Essas câmeras devem ser escondidas ou colocá-las de uma forma que o colaborador não perceba. Normalmente elas permitem a conexão a um monitor em uma sala remota ou permitem o monitoramento via web. Agora você está apto a descobrir quem é seu funcionário desonesto monitorando do seu caixa , cofre, ou qualquer outro lugar desejado. É recomendável ter alguém para fazer esse monitoramento em tempo real. Dessa forma, na ocorrência de alguma irregularidade, é possível confrontar o funcionário imediatamente. Se não for possível, você terá as gravações da câmera para provar, caso o funcionário negue o crime quando você chamar a polícia.

  4. Confronte o funcionário imediatamente após o roubo. Recomenda-se chamar a segurança ou a polícia, ou um advogado ou alguém junto com você ao confrontar o funcionário. Se for possível fazer isso no escritorio,longe dos outros colaboradores. Se possivel mostre o registro das câmeras,caso ele negue.

  5. Decida como deseja lidar com a situação. Além de demitir o funcionário, talvez deseje fazer um boletim de ocorrência contra ele. Isso pode levar tempo e demandar algum esforço que não trará seu dinheiro de volta. Determine se vale ou não a pena gastar seu tempo com isso.

    Empresários fiquem espertos com seus colaboradores.

    Abraços

    Nadia Helena Uller

Compartilhe

PinIt
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”