Seterb reajusta taxa de embarque na rodoviária de Blumenau

Foto: Jaime Batista

O Serviço Autônomo Municipal de Trânsito e Transportes de Blumenau (Seterb) reajustou o valor da Taxa de Embarque da Rodoviária de Blumenau. O decreto foi publicado na edição desta quinta-feira, dia 7, do Diário Oficial dos Municípios de Santa Catarina. O valor cobrado é calculado de acordo com a distância percorrida pelo usuário e já está incluso no bilhete da passagem. Na média a Taxa de Embarque teve um aumento de 3,61%.

Confira qual foi o percentual de reajuste de acordo com a distância percorrida:

  • Deslocamentos de até 40 quilômetros tiveram um aumento de 3,44% e passaram a custar R$1,80.
  • Para deslocamentos de 41 a 90 quilômetros o aumento foi de 3,27% e agora custa R$3,15.
  • Em deslocamentos de 91 a 150 quilômetros o reajuste foi de 3,5% e custa R$ 4,39.
  • Os deslocamentos acima de 151 quilômetros tiveram um aumento de 4,24% e custam R$ 5,85.

De acordo com o decreto o valor arrecadado com a cobrança é destinado ao Seterb para que faça melhorias e manutenções no local.

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”

Um comentário sobre “Seterb reajusta taxa de embarque na rodoviária de Blumenau

  1. Ella

    Aumento de tarifas, e a reforma e melhorias deste imóvel, nem, comentam e fazem nada. Este pais é uma tremenda piada, so falam em aumento de tudo para nos trabalhodores, mas em melhorias e retorno para os mesmos, nada aparece. Não seria mais conviente primeiro treformar tudo para depois falar em aumento???

Comentários estãp fechados.