Seterb divulga medidas e orientações em caso de greve de motoristas e cobradores de ônibus

O Seterb divulgou ações que devem ser implantadas caso seja confirmada a paralisação do transporte coletivo em Blumenau. Em nota divulgada na noite desta quinta-feira, 7, a autarquia detalha as ações.

– CADASTRO DE TRANSPORTE ALTERNATIVO. Neste caso, a Prefeitura Municipal autorizará empresas que possuam ônibus e vans a realizarem o transporte de passageiros. Porém, proprietários desses veículos ou dessas empresas interessadas em efetuar este serviço emergencial, precisarão fazer o cadastramento na administração do Seterb, localizada no prédio da Rodoviária, Rua 2 de Setembro, 1222, Bairro Itoupava Norte, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h30.
– Não havendo circulação do percentual de ônibus determinado pela liminar, os corredores de ônibus do município estarão liberados para circulação dos demais veículos. Tal informação será divulgada na mídia.
– O Seterb autoriza os taxistas da cidade a praticarem o “táxi solidário”, quando poderão efetuar serviço nos pontos de ônibus e trafegar pelos corredores para atender ao público usuário do transporte coletivo.
O Seterb também divulgou orientações a comunidade:
– Saia de casa somente se for realmente necessário.
– Utilize meios de transporte alternativos.
– Combine com familiares e/ou amigos e pratique ou utilize a “carona solidária”.

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”