Servidores rejeitam proposta de reajuste salarial e entram em estado de greve em Blumenau

Em assembleia realizada na tarde desta quinta-feira, os servidores públicos de Blumenau decidiram por entrar em estado de greve. A categoria não aceitou a proposta do governo, de aumento de 7% nos salários e repasse do INPC dos últimos 12 meses para o Vale Alimentação. Os funcionários querem cobrar o acordo firmado em 2014 que o reajustes seria o repasse do INPC mais 1% de ganho real.

Durante a assembleia chegou a ser sugerido que o Sintraseb, Sindicato Único dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Blumenau, ingressasse na justiça para cobrar a aplicação do acordo. Mas a iniciativa foi rejeitada pela maioria dos presentes. Os sindicalistas vão tentar retomar as negociações e pedir a presença do prefeito Napoleão Bernardes nas conversas.

Uma nova assembleia foi marcado para a próxima terça-feira, às 16h.

Compartilhe

PinIt
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”