Servidores de Blumenau rejeitam nova proposta do governo e seguem em greve

Foto: Divulgação

Os Servidores Públicos de Blumenau rejeitaram na tarde desta terça-feira, 18, durante assembleia geral, a nova proposta do governo municipal para o repasse anual do INPC. O sindicato também protocolou através de um oficio o pedido de reabertura da mesa de negociação.

O governo propôs o repasse integral do INPC encerrado em maio, de 5,07%, sobre o Vale Alimentação já na folha de julho. Quanto aos salários, a proposta é do repasse de 1% sobre a folha de dezembro e o restante, 4,07%, na folha de janeiro de 2020.

A greve completou duas semanas nesta terça-feira. Os servidores pedem o repasse integral do INPC sobre a folha de maio, data base da categoria. O governo alega que não tem caixa para bancar o custo até o final do ano, o que poderia comprometer o pagamento em dia dos trabalhadores.

Compartilhe

PinIt
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”