Segunda fase da Operação Taquaruçu tem duas prisões e um foragido

Duas pessoas foram presas e uma fugiu durante a segunda fase da Operação Taquaruçu, realizada pela Delegacia de Investigação Criminal de Blumenau, nesta segunda (30) e terça-feira (31). A operação investiga uma quadrilha especializada em furtos e roubos de carros de luxo no Vale do Itajaí. Diferentemente da primeira fase, desta vez, as ações aconteceram todas em Blumenau.

Segundo informações do Delegado Egídio Ferrari, no final da tarde da segunda-feira, Eduardo Coimbra foi preso em uma casa, na Rua Governador Jorge Lacerda, no Bairro Velha. Ele era o responsável pelos roubos e furtos dos veículos de luxo e estava foragido, já que tinha um mandado de prisão em ativo.

Com informações obtidas com Coimbra, a polícia chegou até a cunhada dele, Fabiane de Oliveira Rocha, que seria responsável pelo apoio logístico da quadrilha. Ela verificava se os automóveis roubados ainda estavalm escondidos e por avisar sobre possíveis atuações policiais.

Durante a prisão de Fabiane, que aconteceu nesta terça-feira, o marido dela, Edevaldo José Mascieszyn, acabou iniciando uma fuga, com um veículo transitando na contramão, na Rua Amazonas, no Garcia. A Polícia fez a perseguição e chegou a disparar no pneu do carro dirigido pelo fugitivo. Após parar o veículo, por conta do pneu estourado, Edevaldo seguiu a fuga a pé, pulando por diversos muros. A mulher dele, que estava no carro, foi presa.

Ainda de acordo com o delegado Egídio Ferrri, Edevaldo José Mascieszyn é considerado foragido. Já Eduardo Coimbra e Fabiane de Oliveira Rocha serão interrogados ainda nesta quarta-feira (01), para em seguida serem levados ao presídio.

 

 

Compartilhe

PinIt
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”