Retorno de aulas presenciais nas escolas estaduais da região deve ficar para semana que vem

Foto: Ilustrativa / Internet

As escolas estaduais de Blumenau devem começar a atender alunos em sala de aula a partir da próxima segunda-feira (26). O retorno está liberado a partir desta semana pelo governo do estado. Segundo Sérgio Avelino Ferreira, supervisor de ensino da Regional de Educação de Blumenau, as escolas ainda precisam se adaptar as exigências do plano de contingencia municipal para garantir o retorno com segurança.

Na rede estadual, os pais e alunos também não demonstraram muito interesse em retornar com aulas presenciais. Até esta segunda-feira (19), eram 178 alunos cadastrados entre as 46 escolas estaduais da região. Em Blumenau, a expectativa é que 10 escolas recebem os estudantes.

O retorno começa pelos alunos do terceiro e segundo ano do ensino médio. A intenção é que o atendimento seja para aqueles que necessitam de reforço. Eles vão para a escola quatro dias por semana, com 2h de aula por dia em quatro matérias: matemática, história, biologia e português.

Para a formação de turmas é necessário no mínimo cinco alunos. Cada turma poderá ter no máximo 12 estudantes. Hoje a procura representa 1% de alunos. A intenção da regional é chegar ao atendimento presencial de 5%.

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”