Residência, estabelecimento comercial e até igreja são alvos de arrombamentos durante a quinta-feira

Uma residência, um estabelecimento comercial e até uma igreja foram alvos de criminoso durante esta quinta-feira (9), em Blumenau. Os crimes foram registrados entre às 9h e 10h, nos bairros Fortaleza e Itoupavazinha.

De acordo com informações da PM, o primeiro caso foi registrado por volta das 9h16min, na Igreja Senhor Bom Jesus, localizada na Rua das Bromélias, no Bairro Fortaleza. Os criminosos teriam arrombado a porta lateral da capela e furtado um lava jato e uma caixa de som amplificadora.

Em seguida, por volta das 9h57min, a PM foi acionada na Rua Francisco Vahldieck, ainda no Bairro Fortaleza, onde uma residência foi alvo de furto. A janela lateral da casa teria sido violada, e teriam sido levadas uma televisão de 32 polegadas e diversos alimentos da geladeira.

Cerca de 15 minutos depois a Polícia Militar foi chamada pela proprietária da Loja Bazar e Papelaria Itoupavazinha, que havia sido alvo de um criminoso. A vítima contou aos policiais que um homem entrou no estabelecimento, localizado na Rua Frederico Jensen, no Bairro Itoupavazinha, pegou dois casacos de moletom e fugiu do local.

Neste último caso, a Polícia fez buscas pela região e encontrou um jovem de 23 anos, que foi detido em flagrante com os casacos, preso e encaminhado à Central de Polícia. Nos dois outros furtos nenhum suspeito foi localizado.

 

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”