Radar Meteorológico emite imagens pela internet

Governador em exercício, Nelson Schaefer Martins, conferiu o lançamento oficial da transmissão das imagens na sede da Defesa Civil em Florianópolis. Foto: James Tavares/Secom.

A partir desta terça-feira o Radar Meteorológico do Estado começou oficialmente a abastecer os sites da Defesa Civil e da Epagri/Ciram com imagens em tempo real. O novo serviço permitirá que a população também tenha acesso aos modelos produzidos pelo equipamento.

O lançamento da ferramenta foi realizado na sede da Defesa Civil, em Florianópolis, nesta manhã. O equipamento está instalado na cidade de Lontras, no Vale do Itajaí. O investimento foi R$ 10 milhões com recursos do Fundo Estadual da Defesa Civil.

A cobertura do equipamento é de 77% do território catarinense. São 191 municípios monitorados pelo radar. Apenas parte do Sul e do Oeste ficaram sem cobertura, mas serão atendidos, nesse primeiro momento, por outros equipamentos de Estados vizinhos, por meio de uma parceria já existente.

Para o trabalho de monitoramento, a Defesa Civil de Santa Catarina conta com técnicos que passaram por uma formação junto aos profissionais que vieram dos Estados Unidos. Os meteorologistas da Epagri/Ciram também vão operar com as imagens. Elas são geradas automaticamente de Lontras para Florianópolis de forma remota, sem a necessidade de ter profissionais na torre do radar.

O equipamento poderá prever, por exemplo, o volume de chuva, o risco de queda de granizo e outras ações do tempo.

Compartilhe

PinIt
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”