Queda do preço da gasolina nos postos não acompanha índice das refinarias

Imagem ilustrativa

Em uma rede social, o presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta quinta-feira (23), que o preço do litro da gasolina nas refinarias estava sendo comercializado a R$ 0,91, enquanto o diesel era vendido a R$ 1,45. Só neste ano, a gasolina já teve uma queda no preço de 52%, por causa das oscilações internacionais do preço do barril do petróleo.

A política da Petrobras é a de manter seus valores em paridade com os praticados mundo afora, e isso explicaria essa queda. Entretanto, o consumidor não vê essa diferença toda chegar ao seu bolso.

Segundo levantamento da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, na primeira semana do ano, a gasolina estava sendo vendida em média em Blumenau a R$ 4,20, enquanto na semana encerrada no dia 18 de abril, era comercializada em média a R$ 3,77.

Na ponta do lápis, isso representa uma diminuição de 10,2%, bem longe dos mais de 50% da queda nacional.

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”