Quatro furtos são registrados em Blumenau

Duas residências e dois estabelecimentos comerciais foram furtados em Blumenau desde o último sábado (13).

O primeiro foi registrado por volta das 11h10 do sábado, na Rua Professor Matheus Bragnolo, bairro Escola Agrícola. A vítima relatou que quando voltou de uma viagem, encontrou sua casa arrombada. Foram levados um televisor, uma fritadeira elétrica e um aparelho de DVD.

O segundo caso ocorreu por volta das 11h30 do mesmo dia, na Marginal da BR-470, bairro Itoupavazinha. A vítima, de 58 anos, relatou que dois homens entraram no seu estabelecimento e furtaram dois aparelhos celulares. Câmeras de segurança flagraram a ação. Os criminosos fugiram do local num veículo Audi A3 cor bordô, com placas de Itapema. A Polícia Militar fez rondas na região, mas os suspeitos não foram localizados.

O terceiro caso foi registrado no bairro Velha Central, por volta das 20h45. A vítima informou que ao chegar em casa encontrou uma janela arrombada, e do local foi levado R$  500 e dois aparelhos celulares além de um televisor de 50º polegadas.

O último caso aconteceu na Rua 7 de setembro, no bairro Garcia, e foi registrado por volta das 22h18. Um homem foi preso pela PM após tentar furtar peças de carne de um supermercado. De acordo com uma funcionaria do estabelecimento, o suspeito usou uma sacola e furtou três peças de picanha, duas peças de contrafilé e uma peça de Salmão. Ao todo, seriam levados cerca de 21kg, mas o suspeito foi detido antes de fugir.

Compartilhe

PinIt
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”