Pronto Socorro do hospital de Gaspar pode voltar a fechar as portas

Médicos deram prazo de mais cinco dias para diretoria do hospital resolver problema da falta de pagamento dos salários.

O pronto atendimento do hospital de Gaspar pode fechar as portas na próxima terça-feira, 4. Novamente a falta de recursos foi o motivo apresentado pela direção da instituição para suspender o serviço. Segundo a diretora Administrativa do Hospital Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, Dirlene Mello Santos, o convênio firmado com a prefeitura de R$ 245 mil encerrou em dezembro e não será renovado. Sem os recursos o setor de emergência não têm como pagar os médicos.

Segundo a secretária de Saúde de Gaspar, Márcia Cansian, a Prefeitura está impedida de renovar o convênio com o hospital. A instituição deve aos cofres públicos R$ 900 mil que teriam sido usados indevidamente pelo ex-administrador, segundo a secretária. Desde agosto a atual administração estaria sendo notificada do débito.

Em fevereiro de 2012, a ex-direção do Perpétuo Socorro fechou o pronto atendimento durante 52 dias. Na ocasião também alegando falta de dinheiro.

Compartilhe

PinIt
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”