Presos ficam feridos em princípio de rebelião na Penitenciária de Blumenau

Foto: Jadir Amirom

Um princípio de rebelião teve início por volta de 10h desta segunda-feira (15) na Penitenciária Industrial de Blumenau. Houve grande movimentação de agentes prisionais e policiais militares dentro da unidade. Segundo familiares e advogados dos detentos, durante a ação quatro presos ficaram feridos e foram levados pelo Samu aos hospitais de Blumenau.

O motim teria iniciado após a direção da penitenciária proibir a visita íntima aos apenados e os agentes tiveram que usar da força para conter a rebelião. Na última sexta-feira, parentes dos presos fizeram uma manifestação em frente ao fórum de Blumenau alegando maus tratos dentro da penitenciária. Do lado de fora da unidade foi possível ouvir gritos, tiros e explosões de bombas de gás lacrimogêneo.

A Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania informou, através de nota, que “as regras que normatizam as visitas dos familiares na nova unidade são diferenciadas da forma como ocorriam no Presídio Regional de Blumenau, atendem às necessidades de segurança e à nova realidade arquitetônica do estabelecimento penal, sendo avalizadas pelo Poder Judiciário local. A penitenciária começou a ser ocupada há aproximadamente 90 dias e opera ainda abaixo de sua capacidade de lotação. As novas normas de disciplina estão adequadas ao estabelecimento e ao regimento interno das unidades prisionais catarinenses. Todos os direitos e as assistências devidas aos presos estão garantidos na forma da Lei e a nova estrutura opera em excelentes condições”.

 

Compartilhe

PinIt
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”