Presídio de Blumenau passa por nova vistoria

Mais de 170 agentes participam da inspeção geral que suspendeu todas as atividades de rotina nesta terça-feira. Foto: Rodrigo Vieira/RNR.

Desde a madrugada desta terça-feira uma Operação Integrada de Segurança Prisional está sendo realizada no Presídio de Blumenau. Segundo divulgou o DEAP, Departamento de Administração Prisional, são mais de 170 agentes prisionais que estão realizando uma inspeção geral em toda a unidade.

Ainda segundo o DEAP, trata-se de uma ação de rotina coordenada pelo Centro de Ações Penitenciárias.  O trabalho tem o acompanhamento de representantes do Tribunal de Justiça e da Comissão para o Atendimento dos Direitos da Mulher Presa e Egressa do Sistema Prisional de Santa Catarina.

Desde a madruga as celas, galerias, oficinas de trabalho e locais de convivências estão sendo vistoriados assim como toda a estrutura da edificação. Devido a este trabalho, todas as atividades desta terça-feira do presídio, como as visitas, foram suspensas. Um grupo de familiares protestou durante a manhã em frente a unidade.

Segundo o Departamento de Administração Prisional, a operação é sigilosa e não serão divulgados dados como apreensão de materiais e ações internas. Estas informações serão liberadas apenas aos órgãos competentes.

Na semana passada a Vigilância Sanitária e representantes do judiciário e promotoria pública também estiveram vistoriando a unidade prisional.

Compartilhe

PinIt
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”