Prefeitura de Blumenau pode ter mudanças em cinco secretarias devido a eleição parlamentar de outubro

Abril começa com uma correria de partidos para fechar as negociações de novas filiações partidárias. O prazo termina na sexta-feira (03). No sábado (04), vence o prazo para presidentes de fundações e secretários ou diretores de empresas públicas se afastarem do cargo para concorrer à eleição parlamentar. Em Blumenau, pelo menos cinco mudanças no secretariado estão previstas.

Oscar Casico Grotmann vai ser candidato a vereador pelo Podemos. Deixa a Secretaria de Desenvolvimento Social nesta quinta-feira (02). Em seu lugar vai assumir a diretora geral da secretaria, Patrícia Sasse.

Quem também vai concorrer a uma cadeira na Câmara é a secretária da Família, Cristiane Loureiro. Ela deixa o cargo até sexta-feira (03). O partido que vai se filiar ainda não foi definido. Pode ser Republicanos ou Solidariedade. Os dois vão apoiar a reeleição do prefeito Mário Hildebrandt (Podemos). O nome mais cotado para assumir a secretaria é do diretor de atividades para a família, Júlio César Pereira.

Maurício Goll vai deixar o comando da Intendência Distrital do Grande Garcia. Vai concorrer a uma vaga na Câmara pelo PSDB. O substituto ainda não foi definido.

Egídio Beckhauser também vai deixar o governo. O secretário de Esportes ainda não definiu em qual partido vai se filiar para concorrer a vereador, mas já descartou a filiação no Podemos, como chegou a ser cogitado. Deve se filiar em um partido que apoie a reeleição do prefeito Mário. A definição de quem vai comandar o esporte na cidade ficará a cargo do prefeito.

Quem também pode desembarcar da equipe administrativa é o secretário de Meio Ambiente André Cunha, do Partido Progressista (PP). Ele já demonstrou interesse em buscar uma vaga no legislativo blumenauense, mas disse que a definição sai só na sexta-feira.

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”