Prefeitos reivindicam diálogo com Estado nas medidas de enfrentamento ao novo coronavírus

Foto: Arquivo/RNR

A Associação dos Municípios do Médio Vale do Itajaí (Ammvi) solicitou ao Governo do Estado a ampliação do diálogo com os municípios catarinenses em relação às medidas de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus. O pedido foi feito por meio de correspondência enviada ao chefe da Casa Civil, Douglas Borba, na quarta-feira (8).

No documento, a Associação pede que o Estado antecipe a publicidade das ações tomadas sobre as restrições e outras determinações impostas à população, à iniciativa privada e ao poder público. Diante da prorrogação da quarentena até 12 de abril, a Ammvi solicitou ainda que as informações quanto às atividades posteriores a esta data sejam repassadas aos prefeitos até o próximo sábado (11). O objetivo é evitar transtornos aos municípios e prestar orientações à população sobre as vedações vigentes, além de organizar o funcionamento da estrutura administrativa das prefeituras.

O documento demanda também que o Governo do Estado sinalize até quando, pelo menos, devem ser mantidos suspensos o ensino público e o serviço de transporte coletivo de passageiros em Santa Catarina. Para os prefeitos, a indefinição no tempo das restrições impede que os municípios possam gerir adequadamente os assuntos de competência municipal.

Fonte: Assessoria AMMVI

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”