Polícia registra furto em casa, loja e academia em Blumenau

Foto ilustrativa

A Polícia Militar de Blumenau registrou quatro casos de furto em Blumenau nesta terça-feira (15). Um carro foi levado da frente da residência do proprietário, uma casa e uma loja foram invadidas e o cliente de uma academia  teve dinheiro furtado dentro do estabelecimento.

O último caso foi registrado por volta das 19h40, na Rua Anastásia, no Bairro Fortaleza. O proprietário de uma Tucson (MIV8195) estacionou o carro na frente de casa durante a tarde, e quando foi buscar no início da noite, o veículo havia sido furtado. Um boletim de ocorrência foi registrado.

Mais cedo, na Rua Vereador Hebert Schweigert, na Itoupava Norte, um cliente da academia Smart Fit teve R$ 350 furtados de dentro de sua bolsa, que estava no guarda-volumes. As imagens de monitoramento serão consultadas, mas até o momento do registro da ocorrência, nenhum suspeito havia sido identificado.

Por volta das 17h45, a proprietária de uma residência chegou em casa do trabalho e encontrou o imóvel arrombado com móveis bagunçados. Uma televisão de 32 polegadas, um notebook e seis pen-drives foram levados pelos criminosos. O caso foi registrado na Rua Harry Krause, na Itoupavazinha.

E por fim, bandidos fizeram um buraco na lateral da loja Dadijan, localizada na Rua dos Caçadores, no Bairro Velha. Eles levaram 10 bolsas e 15 calças femininas. A proprietária registrou o crime ao chegar no estabelecimento pela manhã. Nenhum suspeito foi preso.

Compartilhe

PinIt
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”