Polícia Civil investiga dois homicídios registrados neste final de semana em Blumenau

Foto Ilustrativa. Jaime Batista/Blog do Jaime.

Os dois casos foram registrados na Região Sul da cidade, nos Bairros Progresso e Valparaíso. Neste domingo (06),  por volta das 21h15min, um homem de 55 anos foi atingido por cinco disparos e morreu na hora, em um ponto de ônibus, na Rua Antonio Zendron. Já no sábado (05) a noite, um homem de 57 anos foi encontrado morto, dentro de uma chacára no final da Rua Belmiro Colzani.

No último caso registrado, a Polícia Civil trabalha com a hipotese de acerto de contas, já que a vítima, Paulo José Soares, havia saído do presídio há pouco tempo. O homem havia sido condenado a prisão por estupro. Neste domingo ele estava em frente a um ponto de ônibus, quando foi atingido por cinco disparos, quatro nas costas e um na cabeça. Ainda nenhum suspeito foi localizado.

Já no assassinato registrado no sábado, a polícia aponta o caso como latrocinio, já que a vítima, Francisco Simão Hesper teve objetos roubados de sua casa. A vítima era cuidador de uma chacará, e foi localizado pelos proprietários desse imóvel com os pés e mãos amarrados e marcas de estrangulamento. Foram roubadas uma roçadeira e motossera.

Da chacará que a vítima cuidava não teve nenhum objeto levado, segundo informações que os proprietários passaram a Polícia Civil. A investigação também quer descobrir quando o homicidio foi registrado, pois o corpo apenas foi encontrado no sábado.

Compartilhe

PinIt
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”