Palestras sobre oportunidades do pré-sal serão realizadas neste sábado em Blumenau

Os candidatos interessados em trabalhar no setor petrolífero não precisam mais se preocupar com os concursos públicos, geralmente muito difíceis e concorridos. Isso porque as empresas terceirizadas são responsáveis por mais de 75% da mão de obra e a contratação é feita por meio de seleção de currículos. Com base nesses dados, será realizada neste sábado, no Teatro Carlos Gomes, um ciclo de palestras com diversos assuntos referentes ao ingresso no ramo. A partir de 8h o tema será apresentado a cada hora, até o encerramento às 15h. Qualquer pessoas interessada pode participar.
Segundo o site de notícias do Yahoo, com o crescimento do mercado e as novas descobertas em explorações do pré-sal, o setor criou muitos postos de trabalho, esses que nem sempre são ocupados, devido à falta de profissionais. Cerca de 420 mil empregos já estão sendo movimentados, até 2020, esse número poderá chegar a dois milhões, de acordo com um estudo da Organização Nacional da Indústria do Petróleo.
São mais de 185 categorias, entre elas, soldadores, enfermeiros, administradores, dezenas de opções para a área operacional, outras de nível técnico e até nível superior. Os salários variam entre R$ 2.000,00 e R$ 35.000,00 dependendo da formação profissional. Um dos maiores problemas do setor é a falta de mão de obra qualificada. Por isso, a empresa GigaPetro vai realizar os encontros e mostrar como o cidadão pode entrar nesse mercado. A entrada na palestra custa um quilo de alimento não perecível ou um litro de leite longa vida.

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”