Pacientes acamados serão vacinados contra a gripe A em casa

Imagem meramente ilustrativa. Reprodução/PMCG

Pacientes acamados vão receber vacina contra gripe A em casa. A informação foi divulgada nesta quinta-feira (07), pela Secretaria de Saúde de Blumenau. De acordo com a secretária Maria Regina Soar, a intenção desta ação é também garantir a imunização das pessoas que não tem como ir até uma sala de vacinação nos postos de saúde da cidade. Ainda segundo a secretária, para ser beneficiário desta opção é necessário ser do grupo de prioritários para vacinação e também fazer um cadastro na vigilância epidemiológica.

O cadastro pode ser feito pelo 3381-7900, ou também pessoalmente, na rua Engenheiro Paul Werner, nº 120, no bairro Itoupava Seca, das 8h às 17h. Entram no grupo de prioritários e recebem a vacinação gratuita pelo município crianças de 6 meses a cinco anos, idosos acima de 60 anos, gestantes, pessoas com doenças crônicas e também trabalhadores do setor da saúde.

As vacinas ainda não chegaram em Santa Catarina. A ´última divulgação da Secretaria de Saúde do estado é que a campanha inicia no dia 25 de abril, 5 dias antes da campanha nacional. Porém, o Ministério da Saúde havia prometido enviar as vacinas no dia 1º de abril, o que ainda não aconteceu.

 

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”