Operação Corpus Christi 2020 registra menos acidentes, feridos e mortes do que no ano passado

Foto: Divulgação/PRF

A Polícia Rodoviária Federal em Santa Catarina encerrou neste domingo (14), à meia-noite, a Operação Corpus Christi 2020. A operação começou na quarta-feira (10), e todo o efetivo foi empregado para coibir infrações de trânsito e reduzir acidentes.

Houve aumento na movimentação de veículos durante o feriadão, sobretudo neste domingo, quando as pessoas retornaram para casa. O fluxo de veículos nas rodovias federais foi bem menor do que nos anos anteriores, mas no domingo chegou a ocorrer congestionamento na região de Balneário Camboriú, na BR 101 e movimento intenso na BR 101, sul (Laguna, Tubarão e Araranguá), na BR 470 (região de Navegantes a Blumenau) e também na BR 282 (Rancho Queimado a Palhoça).

A PRF/SC lavrou 4.386 autos de infração (multas), sendo 3.522 sem abordagem. Em função da pandemia, a orientação é evitar as abordagens aos veículos para não correr risco de contaminação dos policiais e dos usuários.

A PRF registrou 93 acidentes nas rodovias federais de Santa Catarina com um sado de 95 feridos e 6 mortos. Os números foram todos menores do que no ano passado. Das 6 mortes ocorridas, três foram no trecho sul da BR 101 (Pescaria Brava, Laguna e Araranguá), duas em Ascurra (BR 470) e uma na BR 282 (Iraceminha).

Fonte: Comunicação PRF

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”