Obra de revitalização da Prainha será retomada

Foto: Reprodução / Prefeitura de Blumenau

A prefeitura de Blumenau informou nesta quinta-feira (28) que vai retomar as obras de revitalização da Prainha. Os trabalhos no local estavam paralisados em função de um impasse judicial envolvendo o processo de licitação da estrutura.

De acordo com a Secretaria Municipal de Obras, a obra em sua totalidade contempla a reforma da concha acústica, arquibancada, mirante, playground, píer com estrutura flutuante para esportes náuticos e espelho d’água sob o Vapor Blumenau. O local ganhará ainda, pista de caminhada, estacionamento e praça de alimentação.

“A partir da conclusão da obra, estaremos devolvendo aos blumenauenses um espaço de recreação e lazer, um local para a prática de esportes náuticos e até para festivais musicais, como já tivemos em um passado recente”, avalia o diretor geral da Semob, Michael Maiochi.

Ainda de acordo com o diretor, nesta semana está ocorrendo a limpeza do espaço para que na próxima semana seja retomada a obra. A primeira frente de trabalho será a restauração da concha acústica.

O investimento da Prefeitura na revitalização da Prainha é de aproximadamente R$ 4 milhões, com recursos viabilizados pelo Ministério do Turismo. Com a retomada da obra, a expectativa da Semob é de que o local esteja disponível à população no último trimestre deste ano.

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”