Novas réguas de medição do Rio Itajaí-Açu serão instaladas até o fim deste mês

Na semana passada, o Secretário de Defesa Civil de Blumenau, Carlos Olímpio Menestrina, recebeu técnicos da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri) que prestam serviços à Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA). A ocasião serviu para definir a instalação de uma sequência nova de réguas para monitoramento do Rio Itajaí-Açu.

Os profissionais estiveram às margens da Avenida Presidente Castelo Branco, conhecida como Beira-Rio, próximo à Ponte Adolfo Konder, para medir e definir os referenciais de nível e os locais onde serão instaladas cada uma das 15 réguas. Na sequência, será feita a concretagem dos perfis metálicos e a colocação das réguas linimétricas.

O secretário Menestrina destaca a união de esforços de todos os envolvidos. “Foi feito um esforço coletivo entre o setor público e privado para garantir a implantação dos equipamentos, tão importantes para o monitoramento do Rio Itajaí-Açu. Esse equipamento vai garantir independência e agilidade nas informações divulgadas pela Defesa Civil de Blumenau”, assinala.

O município investiu na infraestrutura colocando corrimão nos dois lados da escada de acesso ao rio. As estruturas de suporte às réguas foram doadas pela empresa Electro Aço Altona, de Blumenau. Já os medidores foram fornecidos pela Epagri, prestadora de serviços à Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA).

Epagri fará instalação dos instrumentos

Já a Epagri, prestadora de serviços à Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA), após estabelecer o local da nova seção de monitoramento, baseada em critérios hidrológicos, fez o levantamento topográfico, demarcando os referências de nível ao longo da nova escadaria e definiu os pontos de alocação onde serão concretados os perfis metálicos para fixação das novas réguas linimétricas, capaz de medir e registrar dados ambientais como variação do nível e comportamento da água em rios.

Para o Agente de Pesquisa da Epagri, Alan Henn, a instalação da nova sequência de réguas representa uma vitória para Blumenau e para os envolvidos. “O sistema de monitoramento usado em Blumenau, às margens do Rio Itajaí-Açu sempre foi visto como modelo, fixado em superfície de concreto que dá estabilidade ao instrumento que não se movimenta com o passar dos anos. E agora teremos esse sistema de réguas novamente fixado em uma escadaria”, afirma.

Ainda segundo o especialista, a nova seção de réguas, viabilizada pela Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA), também vai auxiliar no monitoramento hidrológico, feito em campanhas trimestrais para medir a vazão do Rio Itajaí-Açu, a qualidade da água e a quantidade de sedimentos existentes, o que permite identificar tendências e a elaboração de estudos hidrológicos mais específicos.

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”