Não culpem o empresário

Me parece que esta crise institucional, comercial, financeira, econômica e política (e qualquer outro nome que você quiser dar pra ela), que insiste em permanecer durante mais de um ano em nosso país, pode ser comparada com outras do passado da seguinte maneira: com facadas.

Em outros momentos, outras crises, levávamos uma facada certeira, quase mortal e que levava um tempo pra cicatrizar. Neste tempo achávamos que o país quebraria, mas pouco tempo depois as coisas se acertavam. A crise cessava.

Esta crise, neste mais de um ano foram pequenas facadinhas semanais. Machucam, mas não tem tempo pra cicatrizar. Mais de um ano sempre sendo esfaqueado, sofrendo e sem previsão de cicatrização.

Denuncias de corrupção, denuncias de dinheiro no exterior, Petrobras quebrada e com ela milhares de empresas quebrando.

Lava Jato, Petrolão manipulação. Sistema ¨S¨ esquecido. Mas a solução existe sim, conforme o governo.CPMF .

Bom para o povo.

Um ano ligando a TV, ouvindo rádio, lendo o jornal,  pesquisando nos sites  e nenhuma, veja bem, nenhuma noticia de investimentos nas redes de saúde, educação e segurança. Nenhuma ação em prol do crescimento das indústrias. Nada em apoio ao turismo. Nada X Nada.

Em Blumenau, um grande exemplo. Enquanto o prédio do Ministério do trabalho (entidade do trabalhador) na cidade agonizava, era fechado e transferido para a intendência do Garcia, onde filas homéricas são formadas para usar seus serviços, o prédio da receita federal (órgão de arrecadação do governo), estava  intacto .

Para o bem do povo , nada , para arrecadar tudo.

No Rio de janeiro, falta dinheiro  para pagar aposentados, mas pra construir estádios não.

A cada semana assistimos a comédia que assola este país. Ao vivo e a cores nossos representantes mostram  a sua realidade com discursos inflamados pró isto, pró aquilo , mas não se fala em resolver os problemas de verdade , de uma população sofrida , que clama por ações imediatas e que , principalmente paga para que toda esta estrutura, governos, câmara e senado funcione.

Mas não há pressa pra isto. Tudo no tempo deles, não no tempo do povo.

E assim caminha o nosso Brasil, que de nosso não tem mais nada.

Não culpem o empresário! Hoje ele  trabalha pra não perder o emprego. Quando quebra é incompetente, será processado.

Sufocado pela falta de interesse do mercado, pelo medo do povo que não consome tanto, pelo desemprego exagerado, pelo governo destroçado, pela queda de faturamento, pelas notícias ruins do dia a dia e pelos impostos que não param de subir.

Não culpem o empresário.

Compartilhe

PinIt
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”