Mulher atingida por tiro em briga familiar morre no hospital

Foto: Divulgação/HSI.

Priscila Sinara Holler, de 30 anos, morreu durante esta quinta-feira (20), no Hospital Santa Isabel. Ela estava internada n UTI do hospital em estado grave, após ser atingida por um disparo de arma de fogo.

O caso aconteceu na tarde do último sábado (15), quando após um desentendimento familiar, Valther Figueiredo Dellagustina, marido de Priscila, matado o sogro com quatro tiros na região do tórax. Acontece que Priscila, filha da primeira vítima e mulher de Dellagustina, teria se jogado na frente de um dos disparos e sido atingido no olho.

No sábado ela foi encaminhada ao hospital, onde ficou internada em estado grave até esta quinta-feira, quando não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

Dellagustina, principal suspeito do, agora duplo homicídio, se apresentou a Polícia Civil já na tarde da última terça-feira (18), onde alegou legítima defesa. O homem de 29 anos foi liberado logo em seguida pois o caso já não se tratava de flagrante. O delegado que investiga o caso deve pedir a prisão preventiva do suspeito.

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”