Movimento nacional vai deixar Blumenau sem transporte coletivo por 2h nesta quarta-feira

Motoristas e cobradores de ônibus de Blumenau vão parar as atividades entre 15h e 17h nesta quarta-feira (15). Eles vão aderir ao Dia Nacional de Paralisação contra a Reforma da Previdência, proposta pelo Governo Temer. O movimento é organizado pelas Centrais Sindicais.

Além do transporte coletivo, escolas, creches e unidades de saúde podem ter o atendimento prejudicado. O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Blumenau marcou uma assembleia para às 15h30. Além de participar do movimento nacional, os servidores vão discutir a pauta de reivindicações da campanha salarial deste ano.

Os servidores do estado também aderem ao movimento. Uma assembleia está marcada para às 14h em Florianópolis. Os professores da rede estadual de ensino vão aproveitar o dia para se manifestar pela aplicação do reajuste do piso nacional.

Compartilhe

PinIt
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”