Motoristas e cobradores rejeitam proposta do Siga em segunda assembleia

O transporte coletivo de Blumenau volta a conviver com a possibilidade de greve. Em duas assembleias realizadas nesta quarta-feira, motorista e cobradores de ônibus de Blumenau rejeitaram a proposta de reajuste salarial oferta pelas empresas e aprovaram, por unanimidade, o estado de greve.  Uma terceira assembleia será realizada nesta noite, às 19h, mas dificilmente mudará o quadro.

As empresas oferecem reajuste salarial entre 8,1% e 8,5%, dependendo da variação do INPC, e vale alimentação de R$ 395,00. A categoria pede aumento de 10,5% nos salários e vale alimentação de R$ 410,00.

Segundo o sindicato, a principal motivação da rejeição está na falta de negociação do anuênio, da folga casada e tentativa de retirada de algumas cláusulas já acordadas. As empresas e o Seterb devem ser comunicadas nesta quinta-feira de que a categoria poderá paralisar as atividades em 72h.

Compartilhe

PinIt
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”