Motoristas e cobradores aceitam nova proposta da Blumob e encerram possibilidade de greve

Os motoristas e cobradores de ônibus, representados pelo Sindicato dos Empregados das Empresas Permissionárias do Transporte Coletivo Urbano de Blumenau, Gaspar e Pomerode (Sindetranscol) aprovaram nesta sexta-feira (14) uma nova proposta enviada pela empresa responsável pela concessão em Blumenau, a Blumob.

Na prática, a principal reivindicação da categoria, que era o ganho real no reajuste dos salários, não foi atendida. A nova proposta enviada pela Blumob aplicava o reajuste da Inflação (4%), uma bonificação de R$ 100 neste fim de ano e o aumento escalonado no valor de Vale Alimentação da categoria. Com a aprovação, encerram-se as possibilidades de greves, que haviam sido levantadas na última segunda feira (10) pelo Sindetranscol.

O texto final da Convenção Coletiva de Trabalho 2018/2019 ainda será objeto de acordo.

Veja os detalhes da proposta enviada pela Blumob e aprovada pelos trabalhadores:

• Manutenção da atual convenção coletiva de trabalho;
• Manutenção e melhoria na redação da cláusula de garantia da não aplicação da reforma trabalhista;
• Uma folga casada (sábado e domingo) por mês;
• Reposição da inflação do período de 1º de novembro de 2017 à 31 de outubro de 2018 (4%);
• Reajuste no vale alimentação de R$ 730 para R$ 759 nos meses de novembro e dezembro; R$ 770 nos meses de janeiro, fevereiro, março e abril; R$ 780 nos meses de maio, junho, julho e agosto; R$ 800 nos meses de setembro e outubro.
• Bônus de Final de Ano no valor de R$ 100, a ser pago no dia 20/12..

Compartilhe

PinIt
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”