Ministério da Saúde segue com atraso no envio de vacinas contra Gripe A para Santa Catarina

Santa Catarina ainda não recebeu as vacinas contra a Gripe A. Mesmo tendo como data prevista para início da campanha no dia 25 de abril, as vacinas eram para começar a ser enviadas pelo Ministério da Saúde para o estado catarinense no dia 1 de abril, para chegar já na primeira semana do mês. As informações foram dadas pela Gerente de Vigilância Epidemiológica de Blumenau, Ivonete dos Santos. Segundo ela, o governo estadual segue pressionando o Ministério, porém, o atraso continua.

A nova expectativa para o envio das vacinas é para esta sexta (15) ou sábado (16) de abril, para já na semana que vem chegar em Santa Catarina e começar a ser distribuída. Apesar da previsão de iniciar a campanha no dia 25, a intenção em Blumenau, segundo Ivonete, é no mesmo momento em que as vacinas chegarem, elas já serem distribuídas nas salas de vacina do município. Um plano de vacinação e distribuição já foi montado pela vigilância epidemiológica.

Lembrando que o grupo que recebe a vacina gratuita são os idosos acima de 60 anos, crianças a partir de seis meses a cinco anos, gestantes, pessoas com doenças crônicas e também trabalhadores da saúde.

Números de Blumenau atualizados nesta quinta-feira (14).

Até o momento, nesta quinta, são 21 pacientes internados esperando resultados dos exames para gripe A. Cinco deles estão em estado grave nas UTIs dos hospitais do município. Blumenau é a cidade de Santa Catarina com mais casos confirmados. Dos 40, Blumenau tem 29. Em relação as mortes o número também é maior na cidade do Vale do Itajaí. São quatro mortes em Blumenau, totalizando sete no estado.

Compartilhe

PinIt
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”