Metropolitano faz apelo por presença de conselheiros em reunião no próximo dia 30

Em nota oficial, a assessoria de imprensa do Metropolitano divulgou um apelo no seu site nesta segunda-feira. O pedido é pela presença maciça dos conselheiros, na próxima reunião que envolve o Conselho Deliberativo, marcada para a quarta-feira dia 30.

O encontro, que acontecerá na Casa do Comércio, no Centro de Blumenau, debaterá o futuro do Metropolitano, o pedido de renúncia coletiva da diretoria executiva e também avaliará a última reunião do Conselho. O presidente Ivan Kuhnen já declarou publicamente que espera soluções, caso contrário irá deixar o cargo.

Confira abaixo a nota oficial:

“No próximo dia 30 de setembro, o Conselho Deliberativo do Metropolitano realiza reunião importante para a definição do futuro do Verdão do Vale. É fundamental a presença de todo o núcleo de conselheiros do clube, pois as definições em pauta dependem da opinião e colaboração de todos. O evento ocorre no Auditório Sindilojas, a partir das 19h, com segunda chamada às 19h30, na Casa do Comércio. A reunião será coordenada por Paulo César Lopes, presidente do Conselho Deliberativo. Somente com a união de todos os gestores é que conseguiremos formar um Metropolitano mais forte para o futuro. O Verdão do Vale é o responsável por levar o nome de Blumenau a todos os cantos do Brasil. A sua diretoria se orgulha muito de todas as vitórias já alcançadas até esse momento. A prova disso é a construção do Centro de Treinamentos Romeu Georg, o fortalecimento da torcida e a consolidação do nome do clube. A nossa história precisa continuar, mas o apoio se faz fundamental nesse momento”.

Compartilhe

PinIt
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”