Malwee alega instabilidade econômica ao fechar unidade de Blumenau e demitir cerca de 300 trabalhadores

Você já imaginou voltar de férias e ser surpreendido com o local onde você trabalhava fechado?  Foi isso que aconteceu nesta quinta-feira com 298 trabalhadores da unidade da empresa Malwee de Blumenau. O período de férias coletivas terminou na quarta-feira e os funcionários retornaram normalmente ao serviço quando foram surpreendidos pelo desligamento da unidade. Todos foram demitidos.

O Sindicato dos Trabalhadores Têxteis informou que em nenhum momento foram repassadas informações de que haveria demissões e entendeu a ação da empresa como um desrespeito aos trabalhadores. A empresa alegou instabilidade econômica e a necessidade de uma reestruturação. A Malwee informou que indenizará todos os trabalhadores, inclusive aqueles com estabilidade de emprego.

Compartilhe

PinIt
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”