Maioria dos pais optam por aulas presenciais na educação de Blumenau

Foto: Divulgação / Prefeitura de Blumenau

A Secretaria de Educação de Blumenau concluiu no último domingo (17) a pesquisa para diagnosticar a demanda de estudantes que voltarão às atividades presenciais no próximo dia 8 de fevereiro. No total, mais de 56% das famílias responderam a pesquisa.

O resultado apontou que 76,4% das famílias com crianças matriculadas nos Centros de Educação Infantil (CEIs) optaram pelo retorno presencial e 61,4% nas escolas. Os que decidiram por manter a continuidade das atividades de aprendizagem não presenciais (digitais ou impressas) somaram 23,6% nos CEIs e 38,6 % nas escolas.

A ação teve o objetivo de ouvir as famílias e iniciar a elaboração do cronograma para alternância dos grupos. Com o diagnóstico, cada gestão da Instituição de Ensino poderá elaborar o cronograma dos grupos de estudantes e encaminhar aos pais e/ou responsáveis antes do início do ano letivo.

O retorno presencial está previsto para ocorrer semanalmente, com alternância de grupos de estudantes, quando necessário, de acordo com o período em que os estudantes estão matriculados, sempre seguindo todas as normativas sanitárias.

As crianças e adolescentes que se enquadram no grupo de risco para Covid-19, devem permanecer em Atividades de Aprendizagem Não Presenciais (digitais ou impressas).

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”