Luciano Buligon assume Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico

Foto: Julio Cavalheiro/Secom

Luciano José Buligon é o novo secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável. O governador Carlos Moisés deu posse ao novo titular da pasta, na tarde desta segunda-feira, 8, em ato no gabinete do Centro Administrativo do Governo do Estado, em Florianópolis. O secretário de Estado da Administração, Jorge Tasca, o subchefe da Casa Civil, Juliano Chiodelli e a filha mais nova de Buligon acompanharam.

Ao dar boas vindas a Buligon, Carlos Moisés afirmou que ele tem a qualificação necessária para continuar o bom trabalho que já vem sendo apresentado pela secretaria e acrescentar ações e programas de incentivo ao empreendedorismo e ao desenvolvimento de Santa Catarina.

“O Buligon traz experiência, capacidade e total condições de levar adiante as ações que a secretaria já bem desempenha. Tenho certeza que vamos avançar nas ações, criar novos programas de incentivo ao empreendedorismo, que é marca de Santa Catarina. Tenho convicção de que o Buligon acredita no trabalho do governo e também não medirá esforços em favor do Estado e do povo catarinense”, expressou o governador.

Em seu pronunciamento, Luciano Buligon empenhou trabalho e lealdade à frente dos desafios e projetos da SDE. “Este momento dispensa discurso, quero somente reafirmar meu compromisso com muito trabalho e lealdade ao projeto do governador Carlos Moisés, que já demonstrou o quanto vem alcançando resultados incríveis para Santa Catarina”, afirmou Buligon.

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”