Leilão garante recursos para regularizar os  salários de funcionários de empresa têxtil de Blumenau

Foto: Google imagens.

Um leilão de máquinas e equipamento obsoletos da empresa Teka foi realizado nesta terça-feira. A venda faz parte do processo de recuperação judicial da empresa. O lance mínimo era de R$ 2,5 milhões e quatro empresas encaminharam propostas.

Uma empresa de Belo Horizonte arrematou o lote com a oferta de R$ 3,380 milhões. O dinheiro vai servir para colocar o pagamento dos funcionários em dia e saldar uma parte do 13º salário de 2013.

Segundo informou o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Têxteis, o pagamento dos salários do mês eram feitos em três parcelas. Com o recurso, a empresa deve voltar a fazer o pagamento em parcela única na data determinada pela legislação trabalhista.

Em novembro vence o prazo para a Teka começar a fazer o pagamento das dívidas trabalhistas com os funcionários na ativa e os que já deixaram a empresa. A data está determinada no processo de recuperação judicial. Caso não seja cumprida a justiça pode avaliar a possibilidade de falência da empresa, segundo informou o sindicato dos trabalhadores.

Compartilhe

PinIt
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”