Justiça determina transferência de detentos do Presídio Regional de Blumenau

A Justiça determinou nesta quinta-feira, 14, a interdição parcial do Presídio Regional de Blumenau. A decisão atende um pedido do Ministério Público que instaurou um inquérito em 2011 para apurar as condições do local. Segundo o MP, a unidade possuí diversos problemas como superlotação, falta de agentes penitenciários e limitações estruturais.

Atualmente a unidade comporta cerca de 938 detentos, sendo que a sua capacidade é de 451 pessoas. Com a determinação, a lotação máxima da unidade deverá ser de 620 vagas, além de 30 vagas rotativas reservadas para os casos de prisões em flagrante e cumprimento de mandados de prisão.

O Departamento de Administração Prisional (Deap) tem 6 meses para transferir os detentos que estão acima da lotação para outros presídios  pelo estado. Caso o determinação não seja cumprida, o PRB pode ser totalmente interditado.

 

Expectativa para ampliação da Penitenciária Industrial

Na próxima segunda-feira, dia, 18, uma reunião em Brasília deve tratar de um modelo de parceria público-privada para a Penitenciária Industrial de Blumenau. O objetivo é expandir a atual penitenciária para abrir mais três unidades em um terreno ao lado, que é de propriedade do estado. Com isso, serão abertas 600 novas vagas.

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”