Juros das dívidas dos estados com a União são questionados por senadores catarinenses

Os senadores catarinenses, Paulo Bauer e Dalírio Beber, ambos do PSDB, questionaram os juros cobrados pela União das dívidas dos estados. Utilizando Santa Catarina como exemplo, Paulo Bauer utilizou a tribunal para criticar a foram de aplicação da taxa selic, que resulta na cobrança de juros sobre juros.

Para se ter uma ideia, o Estado divulgou que já pagou R$ 13 bilhões de uma dívida R$ 4 bilhões calculada em 1998, e o Governo Federal ainda contabiliza um débito de R$ 9 bilhões, fruto da forma de cobrança de juros. O Governo do Estado entrou com recurso no STF, mas não obteve sucesso.

O senador Dalírio Beber, fez um apelo para que o Governo Federal  se manifeste mais sensível a situação vivida pelos estados e municípios. Os senadores também lembraram que o assunto já era discutido pelo falecido senador Luiz Henrique, do PMDB, que governou Santa Catarina por oito anos. Ele chegou a sugerir que as parcelas pagas mensalmente  fossem revertidas em obras no estado.

Compartilhe

PinIt
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”